Bandeja de experimentação – Uma brincadeira para fazer com as crianças em casa

Crianç abrincando com bandeja de experimentação

Mais uma nova modalidade do brincar heurístico será explorada nesse texto. Já explicamos sobre ele , suas fases e apresentamos o cesto dos tesouros. Agora, vamos conhecer a bandeja de experimentação. Prepare – se!

Com a Bandeja de Experimentação, a criança tem oportunidade de realizar hipóteses matemáticas e físicas por meio da sua curiosidade, elaborando estratégias e respostas aos problemas que vão surgindo durante o brincar e que possibilitam aprendizagens com a mínima interferência do adulto.

Como funciona?

Com a bandeja de experimentação, a criança é convidada a descobrir as coisas por si mesma. As crianças brincam em pequenos grupos na escola (em dupla ou até mesmo sozinha com o que você pode ter em casa), investigando elementos chamados contínuos (contáveis) e descontínuos (não contáveis). Quer saber mais sobre esses elementos? Continue lendo o texto!

O papel do adulto é reunir as crianças, realizar uma conversa inicial,  convidá-las para brincar, organizar os materiais, estabelecer e monitorar o tempo e anunciar o final da brincadeira. Ele não deve interferir, somente observar as crianças absorvidas em suas descobertas.  Garantimos que é uma experiência muito rica e inspiradora!

Preparo

Indicamos o preparo de mais de uma mesa com as bandejas se o grupo for grande (na escola), assim, as crianças ficam bem acomodadas com mais espaço para explorar. Em casa, se possível colocar a bandeja também, em cima de uma mesa. A seleção de materiais deve ser diversificada, convidativa e oferecer possibilidades de pesquisa.

Os materiais utilizados são: utensílios de apoio, materiais contáveis/não contáveis e as bandejas.

  • Utensílios de apoio: peneiras, conchas, copos de diferentes tamanhos, funis, medidores para as crianças utilizarem com os materiais não contáveis. Para os materiais contáveis indicamos o uso de colheres, conchas, pregadores, dosadores. Esses utensílios servem para o transporte dos elementos.
  • Materiais contáveis e não contáveis: contáveis: pedras, nozes inteiras, prendedores de roupas, etc; não contáveis:  pó de café, areia, farinha, etc.
  • Bandejas: para materiais não contáveis sugerimos bandejas sem divisórias internas; para os materiais contáveis, aquelas com divisórias (bandejas de ovo, de gelo, de talheres).

Quem pode participar dessa modalidade? 

Para participar dessa modalidade de brincar, a criança precisa já ter conquistado uma certa autonomia e fazer uso da linguagem para se comunicar e talvez começar a argumentar. Lembre-se de respeitar o desenvolvimento da criança.

Está gostando dos nossos temas? Continue acompanhando o blog da DreamKids e acesse nossas redes sociais!

Facebook: DreamKids

Instagram: @dreamkids_escola

Fonte:

  • Vera Regina Corrêa de Mello, coordenadora pedagógica DreamKids – Atividades para brincar: Jogos Heurístico e Cesto dos Tesouros.
  • Paulo Fochi – O brincar heurístico na creche
Deixe o seu Comentário!

Confira outras publicações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *